Com a palavra, a Ressacada

Corre aí pelas ruas e praças de Florianópolis, à boca pequena ou até nas grandes, a ideia de se construir um estádio de futebol, de caráter municipal, que sirva aos interesses tanto de Avaí como do time da periferia da Capital. Olhando sem critérios e sem muitas análises, é uma ideia interessante.

As redes de mídia e entretenimento, por sua vez, que fazem jornalismo alternativo, até que se esmeram na propagação de tais notícias, pois suas divulgações são as mesmas para festinhas de aniversário do cãozinho da madame. É claro, almejam uma recompensa da madame.

Por outro lado, teríamos, finalmente, uma arena que justificasse a propalada beleza de nossa  cidade, se isto fosse a razão principal.

Então, qual o preço disso? E qual seria a verdadeira intenção de se abordar um presunçoso assunto?

Atualmente, os dois clubes de futebol da Capital de Santa Catarina, o Avaí e o da periferia, participam dos campeonatos onde são inscritos, jogando em seus próprios estádios. Isto tem suprido suas necessidades. As torcidas, principalmente a avaiana, comparecem em dias de grandes jogos, e os de menores importâncias ainda possibilitam uma boa ocupação de seus espaços. Assim, as duas praças esportivas garantem às suas torcidas uma boa capacidade.

Entretanto, esta proposta tem ganhado corpo. Ao que parece, políticos em vias de reeleição estão “jogado para as torcidas”, no modus operandi habitual de qualquer político interesseiro, principalmente para aquelas torcidas cuja única ambição é ter um monumento com que se orgulhar, porque a ocupação tem sido humilde em suas dependências. Talvez porque vejam que seu estádio é feio ou corram o risco de tropeçar nas obras frequentes por ali. Não se sabe.

As partes interessadas, por sua vez, ainda não foram ouvidas. Dessa forma, seria interessante saber qual a opinião do Estádio Aderbal Ramos da Silva, a Ressacada, sobre o assunto. Diga aí, mais querida:

Olha, essa ideia de me jogar pra segundo plano deve ter partido de gente desesperada. Não é possível. Quantos estádios do Brasil com a minha estrutura e capacidade são rejeitados assim? Tenho instalações de rede wifi, camarotes modernos com TV instalada para os dias de jogos, elevadores para servir aos seus frequentadores, área VIP para eventos e para se assistir aos jogos com comodidade, 100% de cadeiras em todas as arquibancadas, áreas de saída com total segurança, placar eletrônico com telão para transmissão ao vivo dos jogos ali realizados. Além disso, 70% das arquibancadas estão cobertas. E ainda temos um fraldário para o conforto dos bebês avaianos, veja só, que chique. Tenho um pequeno problema com o acesso rodoviário, que está em vias de ser resolvido e será uma solução razoável para isso. O que mais se quer de mim? Ah, claro, evidentemente que pelos projetos que estão em vias de se concretizar, logo, logo minha área será ampliada e aí teremos um dos estádios mais modernos do Brasil, além das famosas arenas da Copa. É pouco? O que eu peço é que no outro campo da periferia seja construído um estádio decente em volta de seu belo gramado, para que se ofereça o devido conforto aos seus singelos espectadores. Pode ser até parecido comigo. Seria bem melhor para todos. Portanto, me deixem quieta, porque todos os avaianos gostam estar presentes em minhas dependências.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s