De grão em grão…, pode se engasgar

O Avaí terminou a fase de classificação para a final do Campeonato Catarinense de 2017, neste returno, de forma melancólica.

Sim, está classificado para a final, dirão os afoitos, pode vencer a Chapecoense, claramente natural, terá a sua camisa forte em jogo e as alternativas são imensas. E que ninguém duvide da capacidade da história do Avaí fazer a diferença, é bom ressaltar.

Então, onde estaria a melancolia?

Ora, no baile tático, e até técnico, ouso dizer, que tomou do Internacional de Lages e no que não vem jogando neste 2o. turno. Com aquele politicamente correto que nos exigem as boas práticas da vizinhança gente boa, que me desculpem os torcedores lageanos, mas não poderíamos ir para este jogo com aquela frouxidão, mesmo não valendo nada, mesmo tendo os atletas ditos titulares sendo poupados na obrigação de ter que descansar e mesmo tendo jogado com 14 reservas. Um time do Avaí, qualquer um, tem que se impor em campo aqui em Santa Catarina. Entretanto, até o time titular não tem apelo, não tem carisma, carece de sustância, de algo que nos faça ir aos confins do fim do mundo para dar-lhe apoio e torcer desbragadamente diante de tanta ruindade. É duro assumir isso, mas é real.

Lamento as opiniões contrárias e discordo de todas, mas o cenário está terrível, até porque também não conseguimos vencer aquele time medíocre do Figueirense e levamos um toco histórico do glorioso e sensacional Almirante Barroso no outrora caldeirão da Ressacada.

Não me preocupo com resultados. Os resultados de campo são frutos de circunstâncias, que muitas vezes não refletem campanhas. Se fosse me basear em placares e escores para defender o meu Avaí, já teria deixado de torcer para ele há muito tempo. A história nos mostra muito mais fracassos que sucessos, isto é fato. Em 94 anos de vida, temos apenas 16 títulos estaduais, um título de terceira divisão do Brasileiro, um acesso magistral à série A do Brasileiro e outros com brilho mais ou menos apagados, ainda que valiosos.

Não se deve menosprezar isto, pelo contrário, deve-se exultar, mas neste meio do caminho tivemos fases de longas agruras. Portanto, não é por este resultado que me incomodo, repito. Eu insisto é que o Avaí Futebol Clube entrou, neste momento, numa fase de sua vida de ter que se exigir mais alguma coisa em nosso campeonato. E, também, deixar de ser um singelo participante de campeonato nacional e ambicionar mais coisas à frente, embora ainda tenhamos sofrido reveses humilhantes na competição local.

Se alguém acha que é natural jogar partidas medíocres em nosso quintal, com a velha máxima de baixos investimentos para se pensar em ampliar a abertura do cofre lá na frente, sinto muito, eu não penso assim, não penso pequeno. É aí que está o erro estratégico da diretoria do clube. A faca, o queijo e a taboinha de frios estão à mão e eles estão preocupados em posar para fotos. Estão querendo fazer a política do grão em grão para encher a pança do frango aos pouquinhos, devagar e sempre, e se penteando como pavões engalanados.

É bom lembrar-se de nossas últimas campanhas no Catarinense, que foram vergonhosas para a história do clube que se diz grande por aqui (e apenas por aqui!), e que se repetiram muito bem no que foi este segundo turno. Naqueles dias era tudo culpa do Amado, aquele, não tem?! Pois, baseado nesta campanha, a atual, poderíamos estar, agora, com o substituto do Amado, louvado até poucos dias como a última bolacha do pacote, lamentando um rebaixamento, se tivéssemos jogado assim também no 1º. turno.

Claro que o “SE” não joga, a gente sabe muito bem, e a bola tem que ser jogada pra frente, assim como o lambari é pescado. Mas minha pulga atrás da orelha ainda não errou neste ano. Tomara que eu me arrepende de ter dito tudo isto.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s