Mais um cavalo encilhado que passa

Após a derrota nos pênaltis para a Luverdense, em jogo pela Copa do Brasil, onde até aquele ao qual se dá o título de maior protagonista do time também perdeu a cobrança e não jogou absolutamente nada, vi torcedores avaianos se conformando com isso e admitindo que o futebol é assim mesmo e constituído por derrotas e vitórias.

Como assim? Quanta besteira. Tipo de torcedor desnecessário.

Sim, é claro, é evidente que o futebol possui três resultados possíveis, mas se conformar com a derrota é mediocrizar a nossa vida de clube de futebol. É relativizar demais uma história. É pensar pequeno. Esquecem que times de futebol vivem da competitividade e não são trupes de teatro infantil para apresentar peças piegas.

Convenhamos, admitir que é natural perder não nos dá o direito, por exemplo, de exigir patrocinadores fortes e nem cotas maiores de TV para nossos jogos. Ora, quem vai investir num projeto sem ambição? Quem vai colocar dinheiro num lugar onde o “tanto faz” reina absoluto e nada de braçadas? E as verdinhas desta fase da Copa do Brasil valiam mais de 600 contos. Como achar que isso é natural, num clube que vive à míngua sem dinheiro? Vou lamentar, sim, porque sou uma das poucas pessoas que conhece internamente essa realidade.

Vários cavalos encilhados já passaram pela história do Avaí Futebol Clube. E sequer domamos um para nos conduzir mais longe.  Claro que outros virão, pois a vida é cheia de ciclos, mas é preciso montar num e seguir para terras mais amplas daqui por diante. É imperativo que se tenha ambições maiores na Ressacada.

O atual presidente do clube, para o qual agora olhos bipolares se voltam para sua estampa ao considerá-lo o redentor das grandezas avaianas, teve suas horas e momentos de ambição. Foi inepto quando o amado era presidente e nos deixou numa humilhante condição, para depois assumir o cargo como a última bolacha do pacote. Fez por merecer, pois os resultados estão aí. Buscou seu espaço. É hora da própria instituição do Leão da Ilha fazer o mesmo e ocupar um espaço de importância no cenário do futebol nacional. E não apenas posar de bacaninha no cantinho do bairro, apenas “participando”.

Mas, a continuarmos numa zona de conforto onde uma vaga de Copa do Brasil é algo sem importância, ou que faça parte do esporte, continuaremos a ser fracos. É hora de pensar grande e largar a vida de golfinho do futebol, um ano sobe e no outro desce.

Se não, continuaremos a ter os 4 mil torcedores de jogos comuns frequentando o estádio da Ressacada e as cotas de TV podem ser igualadas àquelas que se paga para desenhos animados. Não precisa mais do que isso.

Anúncios

4 comentários sobre “Mais um cavalo encilhado que passa

  1. Enquanto os adoradores do ” ninguém vai dar moral pro negão”, for o mandante do time, teremos dificuldades.
    Ano retrasado, na subida, disse que o Avai não iria ficar subindo e descendo.
    Aconteceu.
    E se ele continuar a ser o mandante e todo poderoso, fazendo que joga e a torcida achando que sim, nosso time vai continuar caindo.
    Nunca gostei dele. Teve seu valor, mas já estão exagerando na idolatria.
    sardá

    Curtir

  2. A questão é que temos apenas 11, talvez 12 jogadores. Os volantes se machucaram e o time sentiu. É preciso contratar, o brasileiro está ai batendo a porta. O técnico é bom, muito dos titulares está jogando legal, mais é preciso mais. Quanto a cavalo encilhado,penso que esses jogadores merecem um crédito, no ano passado o bicho passou e nós montamos, tanto que estamos na Série A, o do outro lado da ponte não.

    Curtir

    • Mas este é o ponto que eu discuto, Antonio, o de vivermos lambendo as conquistas. Sim, legal, ganhamos o turno, o time é regular, o técnico é bom, conquistamos o acesso por causa disso, mas as vitórias do ano passado não valem nada para esta temporada. Deveria valer era aquele espírito, aí, sim. Mas o desempenho de um jogo não é o mesmo de outro. Portanto, cada jogo tem que ser jogado como o último, como uma decisão, porque ninguém vai passar a mãozinha em nossa cabeça porque fizemos uma boa série B. Compreendes, meu caro?

      Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s