Jogo de damas ou de xadrez?

A minha primeira postagem de 2015 é de alguém incomodado. Ainda não aprendemos.

Debaixo da torreira do sol que incendeia a Ilha dos Casos e Ocasos Raros os jogadores da atual temporada avaiana treinam. É verdade que nessa fase inicial da preparação acabam virando mesmo é suco de cana, com os trocadilhos indefectíveis que isso resume. Mas, fui observar in loco a canseira dada pelos preparadores do Leão e é um troço de dar dó. Se eu, colado no alambrado, paradinho e debaixo de uma sombrinha do poste de luz, já perdi uns cinco quilos, o que dirá os candidatos a guerreiros que logo vestirão o manto azul e branco.

Todavia, é bom que se diga, me parece um grupo disposto. Se as adversidades tidas no ano que passou, desde problemas financeiros a faltas de caráter, ficaram para trás, só o tempo dirá. Mas percebe-se que, ao menos, empenho e disposição devem haver. No mínimo um grupo com alma, e se possível a velha garra avaiana, deve surgir por aí quando menos se esperar. Temos esperança!

Ainda assim, o entorno joga contra e nos desfavorece.

As negociações por contratações e pela formatação do HD avaiano versão 2015 prosseguem e, é bom que se diga, dentro do padrão estabelecido no plano do orçamento: sem loucuras.

Não é preciso ser doutor em Física ou astrônomo tarimbado para saber que o Universo é complexo e intrincado. E tudo que daí advém para nossas vidas também o é. Bem como no mundo do futebol, os arranjos, contratos e negociações não são um cenário dos mais belos, sendo complicados e nada agradáveis. Ressalte-se que há muitos interesses em jogo. As especulações são assombrosamente indignas. O torcedor comum, aquele que raramente acompanha os bastidores do futebol, que só se importa em ir aos jogos e quando muito ver ou ouvir uma ou outra mesa redonda, sabe pouco do que está ocorrendo. E, ainda assim, curiosamente surgem os impacientes a detonar tudo quando o clube não faz aquilo que seus umbigos determinam.

Ouço, leio ou assisto, também, pela mídia, os chutes e pontapés dados por jornalistas medíocres a mando de empresários espetaculosos e fico me perguntando qual é a graça dessa piada. Afinal, o que querem, mídia e congregações de empresários do futebol com o próprio futebol? Em sua maioria são parasitas vivendo do hospedeiro, que lhes enriquece, e torcendo que ele morra para se refestelarem com o cadáver apodrecido, sem antes dizer que é a razão o que lhes move.

O futebol deve deixar de ser uma piada, uma brincadeira, uma simples diversão de domingo à tarde e ser tratado como algo sério. Está na hora. Não sisudo e de cara feia e amarrada, mas um investimento gerador de riquezas a serem distribuídas aos envolvidos e não a interesseiros de ocasião. Com padrões, medidas e controles.

Se hoje temos quatro clubes numa série A foi graças ao trabalho de gente envolvida internamente com a estrutura do futebol em Santa Catarina. E com trabalho sério. Gente que vende a janta para pagar o almoço e às vezes nem almoço tem. Ninguém os ajuda. Até mesmo seus fiéis torcedores correm nas adversidades. Poucos são os sócios que mantém um pagamento de mensalidades mesmo durante as férias. Mas, com toda a certeza, ao conquistarmos um patamar mais alto, um título quem sabe, de qualquer clube, não faltarão os papagaios de pirata a dizer que contribuíram fortemente na construção da vitória.

Enquanto isso, os jogadores se preparam, se fortalecem e os clubes se adéquam ao jogo de xadrez que vem pela frente. Mas, do outro lado, ainda há gente que só pensa em jogar damas. E quem sabe com peças fajutas e de baixo preço.

Como tenho dito e repetirei enquanto convier, temos que mudar de mentalidade. Só assim sairemos do patamar de coadjuvantes e passaremos ao de protagonistas. 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s