O espetáculo tem que continuar

Todo blogueiro de time de futebol que se preze está, diariamente, envolvido com seu clube. Seja nas postagens com divulgações de notícias, com análises sobre o time e os campeonatos, e na emissão de opiniões. Sua motivação é o bem do clube, com maiores ou menores relações de otimismo ou pessimismo. É pró-ativo, pois pensa para frente, adiante. E tem contato com outros torcedores para, justamente, entender o clima das competições e o ambiente de motivação em relação ao próprio time.

Por essa razão, o blogueiro de time de futebol é frequentador de estádio. É freguês de arquibancada. Faça chuva ou faça sol ele está lá, apoiando, xingando e se envolvendo com todos os outros torcedores.

Mas há blogueiros que não costumam ter o bumbum quadrado de tanto sentar e levantar de uma arquibancada e, obviamente, se preocupam com camisas de goleiros, com costuras e cerzidos dos uniformes, querem saber da folha de pagamento do pessoal do marketing, emparedam torcedores que defendem o clube e estão na espreita, na moita, para a qualquer deslize saírem dando de relho onde acham importante. E são politiqueiros de carteirinha, querendo derrubar presidentes, treinadores e conselheiros. Um fogo frio, que poderia ser mais bem aproveitado, se essa energia fosse voltada para o futebol, tão-somente…

Uma pena!

Entretanto, o torcedor comum não quer saber disso, dessas futricas egocêntricas e exposição de vaidades. Ele quer ver bom futebol, um time batalhador, jogadores comprometidos e jornadas épicas.

O principal lema é a diversão. A sua sintonia com o clube e seu time é extravasada no estádio, colado à beira do campo, fungando no cangote do adversário ou aplaudindo e incentivando os jogadores de seu time.

O torcedor comum é a verdadeira razão de existir o futebol. É por causa dele, de seu envolvimento, que este esporte se mobiliza. Todas as competições de futebol, em nível mundial, são feitas para se ter público, principalmente na arena do espetáculo.

Ocorre que formadores de opinião, rebeldes sem causa, blogueiros de sofá, jornalistas que vivem do oportunismo e da má notícia, insistem em desmerecer jogos, campeonatos, times e a denegrir a organização do futebol como um todo. Se há coisas ruins e que precisam ser aprimoradas, não é com a desconvocação do torcedor do estádio que isso vai mudar. As mudanças não estão nas arquibancadas e, dessa forma, devem ser canalizadas para os órgãos competentes.

Por isso, estádio vazio, às moscas, com pouco público, não representa a verdadeira paixão que é este esporte. A torcida precisa voltar, pois é ela que faz o espetáculo continuar.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s