Os dedos omissos

Curioso como o apontar de dedos é refrescante. Parece que quando enfiamos um indicador no nariz de alguém, os outros dedos da mão vivem leves e fagueiros, soltos por aí. Nos livramos das culpas e os outros é que nos incomodam, esquecendo-nos que os quatros dedos restantes estão de volta para o dono da mão.

Sim, experimente levantar a mão e aponte o dedo indicador ferino e acusatório para alguma coisa. A não ser que o gajo tenha um defeito físico incorrigível, os outros dedos estão voltadinhos felizes para ti. Estão dizendo assim:

– Tá, aquele lá é um naba existencial, incomoda por falta de responsabilidades. Mas o que tens feito ou fizeste para ajudar a resolver o problema, que é de todos, pois vivemos numa comunidade, para melhorar isso aí?

Claro que na maioria esmagadora das vezes há um silêncio de túmulos. O silêncio dos culpados, não dos inocentes.

Na Ressacada purgam-se as culpas diariamente.

A culpa é do Zunino, a culpa é do Nilton, a culpa é do Rondinelli, a culpa é do Chico, a culpa é do Nunes, a culpa é do Marquinhos, é da Fila, do Miguel, do Alemão, do Adão e do Adenir. Até os quero-queros têm culpas. Há culpa para todos. Há bruxas a rodo para serem caçadas.

Mas a primeira coisa que eu pergunto, para quando se apontam dedos é:

– QUAL O TEU PAPEL NA COLETIVIDADE AVAIANA?

É natural cobrar responsabilidades, mas ajude no coletivo. Faça parte dele e não fique de janela querendo que o circo pegue fogo para rir do palhaço.

Vejo gente que nem sócia do clube é, nem vai a jogos, sequer compra produtos do clube, que os desmerece diariamente, querendo greve de jogadores. Acreditas nisso? Além de saber como roda a porca no parafuso, há quem saiba exatamente o que fazer, mas não move um dedo, além daquele inquisidor que aponta para os outros.

Eu mesmo tenho aqui as minhas culpas. Defendi o Zunino e isso foi fator crucial para que isso chegasse a esse ponto. É, teve gente que levantou essa tolice, o que me leva a crer que a humanidade está, realmente, com os dias contados.

E agora, para fechar o caixão das iniqüidades, vejo um ex-dirigente avaiano apontando seus dedos contra seus ex-companheiros. Aliás, contra seu próprio clube. Enfia mais o dedo na ferida. Já que está fedendo o machucado, vamos infectar ainda mais. O que fez o douto entendido das administrações enquanto esteve por ali, além de desfilar  sua vaidade e não apresentando alguma coisa que prestasse?

Foi omisso, incapaz, incompetente e não venha apontar dedos agora. Agora, não!

Como diz o Mané, farinha de mandioca cria gente tola. Eu, claro, como bom Mané, absolvo a farinha. Os tolos já nascem tolos.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s