A variação da mesma coisa

Há uma tendência nos times de futebol, quando chegam a situações limites, quando não podem perder pontos, pois uma classificação ou conquista de campeonato dependem disso, em se resguardar na defesa e esperar o adversário jogar. Nove de cada dez técnicos de futebol no mundo fazem isso. Dificilmente vemos um time de futebol jogar taticamente no ataque quando ele precisa de um resultado. Parece até um contrassenso, mas é assim que muitos fazem. Precisa ganhar, precisa fazer gols, mas joga na defesa.

O curioso é que depois de tomar um gol neste jogo encardido e jogando cheio de dedos, os treinadores, invariavelmente, tiram seus volantes marcadores e metem atacantes.

Alguém duvida? Ao invés de se ficar babando os ovos de treinadores medianos e não ver o desenrolar dos jogos, as pessoas poderiam prestar atenção nesta prática.

O técnico avaiano, pelo qual não tenho preconceitos de raça e nem quero um ariano no comando do time, como alguns frangotes amadores andam dizendo por aí, irá a campo com três volantes neste jogo contra o Paraná. Será cauteloso ao extremo, porque ele precisa pontuar. A derrota pode adiantar nossa despedida da Série B. Assim, como precisará ao menos empatar e se vencer é a glória, irá jogar defensivo.

E é neste ponto que eu critico o Maria e a maioria dos técnicos que pensam como ele: por que não começar o jogo ofensivamente? Por que não marcar o adversário na saída de bola? Por que não surpreender o adversário, na casa dele, impondo um ritmo mais veloz, ao invés de ter que se defender para poder ganhar depois?

Se tomar um gol, irá tirar os volantes e meter um atacante, sai do 3-5-2 ou 4-5-1, confortáveis, para um 3-4-3 desesperado mole, mole. Como fez contra o América de Natal e todo mundo achou que o treinador havia descoberto a pólvora, quando, na verdade, o Marquinhos salvou a pele dele.

Se fizer ao contrário, volto no dia seguinte e bato palmas por ter inovado no futebol, sem problema algum. Mas, com certeza, este texto não vai existir.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s