Esperanças renovadas

Neste mês de Junho tumultuado, onde montes de adolescentes mimados, classe média frustrada e baderneiros fascistas invadiram as ruas de todo o país, com a Copa das Confederações apresentando jogos de bom nível técnico, e com o frio que se arvora aos poucos por aí, o Avaí, de molho, apresentou seu técnico, campeão do Estadual 2012 e fracasso na série B do mesmo ano, e segue a vida tentando ajeitar seu time para ser campeão desta competição.

Muito se tem dito a respeito deste treinador, misto de dublê de Salvador da pátria a Messias redivivo, porém, como todo treinador, se não houver um grupo que jogue junto e com necessidade de vitórias e conquistas, pouco poderá fazer. Quando muito uma animaçãozinha à beira do gramado.

O tipo de jogo de Hémerson Maria todos conhecem. Ele mantém seus times jogando avançados, preserva a posse de bola e faz marcação com dois volantes e uma cobertura solta. Jogou assim com o time do Avaí campeão do Estadual, fez a mesma coisa com o Red Bull do interior paulista e manteve o mesmo esquema com o CRAC lá do Pantanal. Não há mistérios. A grande expectativa é que terá em suas mãos um time com jogadores  mais experientes e qualificados, coisa que pode render bons frutos.

A vantagem de um esquema assim é que as variações táticas são espontâneas. Pode atuar num 4-5-1 italiano ou num 4-2-3-1 ao estilo de uma seleção argentina ou brasileira. Isso se não surgir o 4-4-2 clássico. É um tipo de jogo com a participação de todos os atletas em campo, que mudam as posturas de acordo com as características de jogo.

A principal desvantagem é que o gás de muitos jogadores acaba antes de se resolver a partida. Com toda a certeza, uma vez que a preparação física deste time do Avaí neste ano é frágil, teremos jogos onde nos minutos finais os times adversários vão bufar dentro de nossa defesa. E como ela não é assim uma Cônsul Windows XP, fatalmente os corações na Ressacada sairão pela boca mais uma vez.

Tudo isso implica em que? Que a preparação física do grupo de jogadores do Avaí comece, efetivamente, a dispor um time em campo. E que as portas do Kobrasol e El Divino se fechem.

Ajustando essas coisinhas básicas, certamente as ruas estarão cheias na Beira-Mar no fim do ano e não serão por protestos frouxos.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s