Marquinhos Santos, do céu ao inferno pelos boçais

É muito curioso o que uma parte da torcida avaiana, que se diz torcedora, mas a qual eu chamo de banda podre e preta, fala sobre o Marquinhos Santos, nosso camisa 10. A toda hora o sujeito tem que se provar. E se provar que é o melhor onde deveria ser ídolo. Até são complacentes quando ele faz um gol ou joga uma boa partida, mas no geral vivem com o piloto automático ligado a cada espirro fora do tom do Galego. Já escrevi sobre ele no Portal Todo Esporte SC, sobre o quê nos representa.

Contudo, há uma perseguição contra ele. Uma perseguição desleal e covarde. Improcedente. O que o Marquinhos Santos fez para essa gente que os motiva a serem tão raivosos com ele?

Uma das coisas idiotas que se diz é que ele ganha um bom salário e tem que fazer jus a isso. Tipo de declaração boçal e infeliz. E algumas pessoas que mencionam essa estultícia sequer ficam coradas, porque se arvoram com direito à opinião. Direito à opinião ou de dizer merda? Eu teria vergonha de sair às ruas se dissesse isso de nosso maior jogador.

Muitos deles que vivem babando pelo futebol lá da Europa, colonizados que são, mas que sequer sabem falar inglês, francês ou alemão (aliás, nem o português!), ou como se joga futebol por lá e como é tratado do ponto de vista da ciência do futebol, emitem opiniões tão ridículas que dá dó. Sério, não há vontade de se dar uma reposta mais elaborada ou com conteúdo, porque a cabecinha deles não seria capaz de entender. Vá discutir sobre fisiologia ou preparação física em geral com algum deles. Sem nunca terem frequentado um laboratório, sentado num banco de escola (sim, são analfabetos sumários), mal e porcamente falam a língua portuguesa corretamente ou tenham lido um livro de Ciências daqueles mesmo do primário, eles abominam tudo quando se fala em CK, estresse ou mesmo desconforto muscular. Acham que é tudo balela de jogador. Frescura.

E sobre o Marquinhos, claro, primeiro vêm as histórias de conspiração, ou com falta de respeito ao cidadão, ao humano. Uns dizem que ele, o Galego, tem contrato assinado com o Fluminense e estaria se poupando para jogar bem por lá. Outros que ele tem muitas regalias, se acha o cara e aí foge dos jogos importantes quando bem entende. Outros mais, que ele adora uma cachacinha e que não poderia deixar de comemorar a festa de aniversário do pai derrubando algumas geladas e assistindo de sofá o jogo sendo jogado lá em Juazeiro. É verdade, um infeliz babaca foi capaz de dizer isso.

Há quem o compare até com Messi, dizendo que o craque da Catalunha jamais abandonaria seu time por tolices extra-campo.

Evidentemente que eu tenho pena dessa gente. Querem ser protagonistas, ter um espaço para opinião, um momento de melancia pendurada no pescoço, mas o máximo que conseguem é ser ridículos. Só isso. Quando não conseguem que a sua manifestação seja aceita pela maioria, aí apelam, como é bem típico de gente desesperada. Aliás, de vez em quando me aparece uns Zé ninguéns querendo que eu cale a boca. É claro que está pra nascer um, unzinho só que seja capaz disso.

Agora, perguntem a qualquer time do Brasil se não queriam um Eduardo Costa, Leandro Silva e até mesmo o Ricardinho como técnico, todos jogando no mesmo time do Marquinhos. Mas aqui em Floripa mora uma gente murrinha, chata, ordinária, dotada de encéfalo de Protista, que se acha mais entendida de futebol que o resto do mundo e só pensa bem nos seus times se usarem camisa da Nike ou tiverem jogadores que falam espanhol ou alemão.

Talvez seja por isso que quando passa da ponte, levamos pau a todo instante. Os nossos times carregam o peso dos corneteiros nas costas.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s