Falta de postura em campo

Após mais uma partida sofrível do time campeão do estadual, com direito a faixa e tudo, todas as lanternas acenderam. A coisa virou de tal jeito, que agora já acumulamos invencibilidade negativa, com duas derrotas seguidas.

Acompanhando o jogo desde os primeiros momentos (sim, eu vou à Ressacada e sempre dou carona sem precisar que me peçam) percebi algo diferente na postura do time em campo: voltamos a dar chutões. Aquela jogada que é ensebada pra lá e pra cá e, ao final, o zagueiro mira numa cordona lá no tunel e isola a bola. Não fazíamos mais essa coisa feia desde que o HM assumiu o grupo.

A segunda coisa terrível, e que foi fator preponderante para ganharmos o título, é a falta de jogadas pelas laterais. Antes dois velocistas a receber as bonitas bolas enfiadas pelo ET (precisa dizer quem é?), agora deitaram numa rede esticada entre dois coqueiros e dormem o sono dos justos antes da linha que divida o campo. Patrick e Pirão estão lerdos, inchados, travados, sem arranque, sem determinação.

A terceira coisa complicada é o toque de bola. O Avaí liderou a posse de bola nos jogos em que participou até a decisão contra o time doladelá. E naqueles dois clássicos, então, mudava a jogada de um lado a outro do campo sem perder a sua posse.

Percebe-se que o time está lento, apático, sem saida, sem jogadas, sem virada de jogo, sem definição. Exatamente tudo ao contrário do que tínhamos visto até então. Será que uma qualificação só e somente só, pretendida por muitos torcedores, resolve? Claro que não. Não que não deva haver reforços. Isso é saudável em qualquer time que almeje um lugar ao sol. Não é trocar todos os onzes por outros. Mas contratações pontuais e definidoras precisam ser feitas, sem desmanchar o núcleo do time.

A volta de Bruno poderá resolver a marcação na frente da zaga, liberando jogadores como Pirão, Mika e o próprio ET para avançar mais e encostar no ataque. Evando no time poderá segurar mais os zagueiros adversários e manter mais a bola à frente, dando um consolo necessário à defesa. Mas é imprescindível que a postura do time campeão volte logo.

Ah, só não dá pra levar a sério é a suposição de que a direção avaiana está deixando o time se enfraquecer de propósito, que é para emplacar o Narciso de vez. Por favor, estupidez tem limite.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s