Zagueirão de respeito

Zagueiro-zagueiro. Esse é Renato Santos. Sofre com a síndrome de grife de parte da torcida, mas é indiscutível que tem sido o jogador mais regular do Avaí nesta campanha.

Se não tem velocidade, se não é habilidoso, compensa suas limitações com um futebol sério e aguerrido. Tem um valor substancial na zaga avaiana por exatamente não fazer besteiras. Por estar sempre concentrado.

O grande problema é que a zaga avaiana teve um dos melhores zagueiros do país por ali, então ficamos mal acostumados. A todo momento queremos um Émerson com nossa camisa, mas não é possível. Porém, sob minha avaliação, Renato Santos não tem comprometido, mesmo naquela fase onde havia onze zagueiros no time.

Há indícios de que possa sair após o Catarinense, o que não seria novidade, dada a sua regularidade, mas se ficar formará uma das melhores zagas, junto com Leandro Silva, para a série B.

Anúncios

2 comentários sobre “Zagueirão de respeito

  1. Além de ter participado de quase todos os jogos (só não jogou o último) parece que não tomou nenhum cartão, confere? A história que lembro neste sentido (de zagueiro não ganhar cartões) foi o Gamarra na Copa de 1998, e talvez o Lúcio na Copa de 2006.

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s