No Morro da Rosca Queimada

E numa gruta, no alto do morro da Rosca Queimada… toca o telefone:

– Alô, posso falar com o Capitão Caverna?

– Agora não dá! Ele está dando um furo… de reportagem pro pessoal da Granja Comigo Boi Não Dança.

– Pô, mas eu preciso conversar com ele. Diga que é o Gato Félix, um amigo de longa data.

– Espera um pouquinho. Pode ser comigo?

– E tu quem és?

– O Professor de Deus.

– Não, tu és muito ensaboado, és um 171 declarado. Contigo não quero papo. Ainda. Mas depois me dá o teu cartão.

– Então, tá. Só um pouco que ele já vai atender.

– …?

– Alô!

– O que tu quês, ôôô, chato da P@#$%!

– Chato, mas tu gosta.

– Mas eu me sinto tão pressionado…

– Tu fosse o espermatozóide que sobrou, então te contenta com isso.

– Tá, manda.

– Eu quero um favor teu.

– Ih, não vem, F$&*@#. Pra hoje não vai dar. Já tive lá uma conversa com eles…

– Não, não é isso. É que eu quero que vocês me façam outra faixa.

– Ah, aquela não dá, os caras filhas da P@#$@ já tiraram uma e agora revistam a gente na entrada.

– Não, seu tanso, é outra.

– O que é então? Desembucha, C@#$o.

– Tem que ter os dizeres FICA CBN.

– Sim, mas eu acabei de falar com os caras, eu já disse, P$%&@. Tu não escutas, não?

– Tá, calma, ô, azedo. Eu sou parceiro, imagina se não fosse, né?

– Fala que eu te escuto, mô pombo.

– Eu preciso voltar em grande estilo e preciso da ajuda deles. Eles não podem ser criticados, tá certo?

– Ah, mas eles estão do lado do dotô. E como é que fica?

– Ah, diz que o dotô é maluco, é doente, sei lá, inventa uma porção de coisas, que nisso tu é bom.

– Mas, vai ter corinho pra eles, tu não sabias? Se eu aparecer com uma faixa dessas eu perco a credibilidade.

– Então leva a faixa no show do Paul, que aí é limpeza.

– Só tem um problema, P%$#

– E qualé?

– Eu não tenho ingresso pro show.

– Essa é fácil, já és meio louco mesmo. Sai pelado na rua que eles te levam de ambulância pra dentro do Estádio, mole, mole.

– Não tinha pensando nisso. Boa ideia!

– Xau prati, ô.

– Xau um C@%#$.

Anúncios

2 comentários sobre “No Morro da Rosca Queimada

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s