E o Capital venceu a lei

A presidenta Dilma obteve um gol de placa, ao conseguir que o picareta-mor do futebol nacional fosse embora da CBF. Foi uma vitória pessoal, uma vez que não conseguia impor seu regime de trabalho na entidade. Tambem conseguiu, através de seus ministros, que a FIFA abrandasse os seus ditames sobre o Brasil. Muita gente já punha as manguinhas de fora por aqui e era impossível a cada dia determinar o que deveria ser feito para a Copa do Mundo.

Mas, o Capital é nefasto e domina o esporte mais popular do planeta. E a presidenta Dilma, durona e intragável, não conseguiu fazer valer as leis brasileiras contras as “ordens” da FIFA. Com medo de perder a Copa do Mundo e sofrer um dos maiores reveses no âmbito mundial, e ver sua carreira ser devastada, ela cedeu. A Copa do Mundo será regada a cerveja dentro do estádio.

Particularmente, não sou contra cerveja num estádio de futebol. Mas, havia uma lei, o Estatuto do Torcedor. Algo que é respeitado em horas convenientes. E agora, pela força dos contratos, ele foi rasgado. Sugiro, para que a nossa cara seja respeitada no mundo afora, que ele seja rasgado e jogado na lata do lixo. É uma lei de merda.

Anúncios

2 comentários sobre “E o Capital venceu a lei

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s