As verdades do futebol

Já se tornou lugar-comum difundir a ideia de que no futebol as verdades não duram a ruminada de um camelo. 24 horas é o tempo máximo para alguém apostar numa teoria verdadeira neste ambiente esportivo. Qualquer coisa que se defenda agora, daqui a pouco vira lenda e algumas bobagens podem se tornar decretos presidenciais. Depende da saude do freguês.

O técnico Marcio Goiano foi demitido pela direção do Criciuma. Uma administração cantada e louvada por dez dentre dez pessoas enganadas pelo futebol, cujas falas diziam que fariam e aconteceriam. Houve gente, inclusive no lado avaiano, que com raivinha da direção do Leão apostou que ali, sim, se estava fazendo uma bom trabalho. Nem vingaram no Estadual, tampouco mantiveram o projeto avassalador.

O discurso do técnico adorado pela mídia é lapidar: “No encontro que tivemos nesta manhã discutimos vários assuntos e no final a conversa caminhou para outro lado. Então decidimos de comum acordo que a nossa saída era a melhor atitude no momento para evitar o desgaste do clube”. Ou seja, o mais do mesmo, sempre a mesma coisa.

Ha quem defenda que a torcida do Avaí não volta à Ressacada porque tem aque aprender a torcer novamente. Conversa. Há quem ache que um bom marketing faz a estima aumentar. Bobagem. O primeiro e melhor marketing de um time de futebol é o seu bom desempenho em campo. E a melhor administração é aquela que é vitoriosa. O melhor jogador é aquele que faz gols ou ajuda a fazer. E o melhor campeonato é aquele que se ganha.

O resto é conversa para pôr bezerrinhos no berço.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s