Olho bem vivo

O jogo de amanhã à noite é importantíssimo para o Avaí sacramentar sua fase de formatação de HD e partir para a decisão do título do 1º. Turno no Delfinzão-2012. Uma vitória em Itajai, contando com uma derrota da Chapecoense e as coisas viram a nosso favor. Mas, é claro, o velho caldo de galinha deve estar à mesa.

– Ah, Alexandre, estás a dizer que será um jogo difícil?

Evidentemente que sim. Eu tenho muito respeito por equipes adversárias. E me baseio por duas coisas: primeiro pelo futebol em si, um tipo de esporte onde nem sempre o melhor vence. E pelas características do campeonato catarinense, uma competição onde o fator casa manda muito. Se em condições normais já seria difícil uma vitória contra o time que joga com a camisa do Barcelona, imagine neste momento da competição, com ambos os times buscando sua melhor condição, com o pressão sobre o Marinheiro na luta contra o rebaixamento e, também, com alguns bastidores.

Claro que as pessoas que não sabem ler certamente dirão que estou criando uma desculpa para uma suposta derrota.

Bom, se alguém me explicar com argumentos fundamentados e plausíveis a suspensão do Marcinho Guerreiro por aquele lance contra o Criciúma, eu mudo de opinião. Aliás, nem escrevo mais neste blog. Ora, o nosso capitão foi discutir com o jogador do Tigre pela agressão covarde contra um guri, um gandula. Fez errado, foi tanso, o juiz já ia expulsar o atleta deles, mas se ele pegou quatro jogos, então o jogador do Criciúma deveria pegar dez jogos. É dessas coisas que eu falo que ocorrem em nosso campeonato. As sombras no campeonato catarinense são muito claras.

Se tudo correr dentro da normalidade, ou seja, se o apitador for honesto e sincero, se não houver aguinhas milagrosas no vestiário, se os extras-campos ficarem mesmo fora de campo, poderemos vencer esta partida. Basta o Avaí jogar do jeito que vem jogando, com garra, força e determinação.

Ao terminar a 6ª. rodada como líder, se tudo correr como queremos, vou me acabar de rir. De felicidade e da cara das bruxas do apocalipse.

Anúncios

Um comentário sobre “Olho bem vivo

  1. O assunto Marcinho Guerreiro foi estranhamente cortado do debate diário de hoje, justamente no momento em que se discutia a arbitragem. Antes, deu tempo de o Sr. Semensatti defender o homem de preto: – epa, mas ele não marcou dois pênaltis para o Criciúma também! Tua coluna da granja faz falta.

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s